Categorias
Tecnologia

O que é um Banco de Dados?

Os primeiros bancos de dados surgiram na década de 60 com o intuito de armazenar e organizar o grande volume e variedade de dados das mais diversas instituições como hospitais e delegacias, que já armazenavam seus dados de maneira estruturada utilizando pastas e papel. Tal metodologia serviu de base para conceitos utilizados ainda hoje quando falamos sobre banco de dados.

Podemos dizer que um banco de dados é uma coleção organizada de dados armazenada em um computador. Geralmente um banco de dados é administrado por um sistema de gerenciamento de banco de dados (SGBD), que consiste em um conjunto de programas de computador que tem a responsabilidade pelo gerenciamento de um ou mais bancos de dados. É comum nos referimos a todo o SGBD como simplesmente “banco de dados”, mas eles existem para separar a aplicação que consome os dados da responsabilidade de administrar o acesso, persistência, manipulação e a organização dos dados presentes no banco de dados. Tais sistemas de gerenciamento contam com uma interface (API) para que os clientes possam inserir, atualizar, consultar e excluir dados que foram armazenados no banco.

Em um banco de dados moderno, os dados geralmente são organizados em linhas e colunas que compõem diversas tabelas do banco, visando tornar o processo de manipulação e consulta dos dados mais eficiente. Grande parte dos bancos de dados fazem uso da linguagem de consulta estruturada (Structured Query Language, ou SQL) para inserir e consultar dados.

Os tipos de banco de dados

Existem muitos tipos diferentes de bancos de dados. O ideal é escolher o banco que melhor atende às necessidades específicas da organização, e isso depende de como ela pretende usar os dados. Abaixo temos uma lista com alguns dos bancos de dados utilizados hoje por todo o mundo.

  • Bancos de dados relacionais: Tornaram-se dominantes na década de 1980. Aqui os dados são organizados como um conjunto de tabelas com colunas e linhas. A tecnologia de banco de dados relacional fornece a maneira mais eficiente e flexível de acessar informações estruturadas.
  • Bancos de dados orientados a objetos: As informações são representadas na forma de objetos, como na programação orientada a objetos.
  • Bancos de dados distribuídos: Consiste em dois ou mais arquivos localizados em lugares diferentes. O banco de dados pode ser armazenado em vários computadores, localizados no mesmo local físico ou espalhados por redes diferentes.
  • Data warehouses: Um repositório central de dados, é um banco de dados projetado especificamente para consultas e análises rápidas.
  • Bancos de Dados NoSQL: Um NoSQL, ou banco de dados não relacional, permite que dados não estruturados e semiestruturados sejam armazenados e manipulados (em contraste com um banco de dados relacional, que define como todos os dados inseridos no banco devem ser compostos). Os bancos de dados NoSQL se tornaram populares à medida que os aplicativos web se tornaram mais comuns e mais complexos.
  • Bancos de dados gráficos: Armazena dados em termos de entidades e os relacionamentos entre entidades.
  • Bancos de dados OLTP: Um banco de dados OLTP é um banco rápido e analítico projetado para um grande número de transações realizadas por vários usuários.

Esses são apenas alguns dos vários tipos de bancos de dados em uso atualmente. Outros bancos menos comuns são adaptados em aplicabilidades científicas, financeiras ou outras muito específicas. Além dos diferentes tipos de banco de dados, as mudanças nas abordagens de desenvolvimento de tecnologia e os avanços dramáticos, como a nuvem e a automação, estão impulsionando cada vez mais o desenvolvimento e aperfeiçoamento de bancos de dados em direções totalmente novas.

Leia também: Por que utilizar Banco de Dados na sua Empresa? 

Categorias
Soluções

Por que utilizar Banco de Dados na sua Empresa?

Toda empresa realiza atividades internas que geram dados a todo momento. No início, pode até ser fácil manter os dados em planilhas no Excel ou até em documentos físicos, mas a medida que uma empresa cresce em tamanho, o volume de dados que ela produz também crescerá, e logo não será mais viável armazenar os dados de contratos, clientes, fornecedores, vendas e tudo mais em planilhas ou documentos. Ainda menos viável seria manipular tais dados de forma manual.

A solução: Sua empresa precisará de um banco de dados para guardar todo esse volume de informação

O que é Banco de Dados?

Numa definição simples, um banco de dados é um programa de computador que estrutura dados de forma lógica e organizada. Existem muitos tipos de banco de dados – cada um com características específicas – sendo o mais comum deles os bancos de dados relacionais. Existem também os SGBD ou Sistema de Gerenciamento de Banco de Dados (Data Base Management System), que são programas que gerenciam e interagem com um ou mais banco de dados, auxiliando o trabalho dos profissionais da área.

As vantagens dos bancos de dados

São as vantagens de utilizar um banco de dados, abaixo listamos algumas delas:

  •  Com eles, é possível armazenar grandes quantidades de dados de forma eficiente e leve.
  • Fácil adição, busca, edição ou exclusão de dados do banco.
  • Facilidade na elaboração de buscas complexas.
  • Várias pessoas/sistemas podem acessar o mesmo dado ao mesmo tempo.
  • Os dados estão acessíveis a todo instante.
  • Utilização de dados por outros programas/sistemas, permitindo a geração de relatórios, maneiras interessantes de visualizar os dados, facilidade no acesso e utilização dos dados para os colaboradores da empresa.
  • Centralização dos dados da empresa em um único lugar.

Se sua empresa está tendo que lidar com um grande volume de dados, espalhados por diversos lugares e arquivos, e está se tornando impossível manter tudo minimamente organizado, um banco de dados pode ser a solução ideal para você.